27th maio 2020

5 NOVAS TENDÊNCIAS TECNOLÓGICAS NA INDÚSTRIA DE RESTAURANTES

O setor de hospitalidade e serviços de alimentação é um dos principais players da economia. Escusado será dizer que o sangue, o suor e as lágrimas das pessoas são responsáveis ​​pelo crescimento constante da indústria e parece apropriado que os proprietários de restaurantes procurem as tecnologias atuais, reinvestindo fundos para aumentar o lucro e a satisfação do cliente.

As tendências tecnológicas são engraçadas. Nós, como consumidores, os abraçamos em um nível, mas podemos questioná-los em outro, como tendo o potencial de desperdiçar nosso dinheiro merecido, apenas para ser retomado por outro em alguns meses.

Os restaurantes, no entanto, têm sido uma profissão para empregar uma gama de tecnologias e as adotaram como um veículo para entregar o que o cliente deseja; serviço rápido, de qualidade e excelentes opções.

Portanto, se você se considera um participante do setor, aqui estão algumas sugestões para representar algumas poucas opções para os provedores de serviços.

EU POSSO ANOTAR SEU PEDIDO?

A tendência extremamente popular de ter um iPad ou um menu de mesa similar e sistemas de pedidos nas mesas de restaurantes não apenas libera sua equipe, mas também pode atuar como vendedor e equipe de marketing, tudo em um.

As memórias falham até mesmo na equipe de garçons mais experiente, quando está sob pressão. Elimina erro humano em blocos de pedidos manuscritos. Funcionários felizes podem se igualar a clientes felizes.

PEDIDOS MÓVEIS E ON-LINE

O telefone inteligente e os dispositivos móveis tornaram-se inestimáveis ​​para o comércio de restaurantes. Eles são e continuarão sendo uma ferramenta a ser bem-vinda e utilizada pelo empreendedor iniciante e pelo experiente restaurador.

Os clientes que ficam em casa podem pedir entrega em domicílio ou fazer uma foto, desde que seu site tenha condições de acompanhar as demandas desse básico de tecnologia.

PLACAS DO MENU DIGITAL

Ter grandes telas de LCD mostrando sua variedade de pratos oferece eletronicamente, a capacidade de alterar preços, itens de menu e listas de vinhos diariamente.

Eles podem reduzir os custos de redatores, impressoras e economizar tempo da equipe, quando empregados para listar em lousa e digitar menus em papel escrito. As placas eletrônicas podem exibir ingredientes, informações sobre alérgenos ou requisitos alimentares, por exemplo, sem glúten, sem nozes e sem laticínios, sem que a equipe precise se lembrar.

Os consumidores estão começando a adorar a idéia de ter informações sobre de onde vêm seus alimentos e, mais importante, sobre o que há nele.

WI-FI POR FAVOR

Agora isso é obsoleto comparado a alguns avanços atualmente em oferta? O acesso à Internet de alta velocidade pode certamente ter sido (e ainda é) uma expectativa para a cena do Café. Os frequentadores de café exigem acesso e acesso gratuito para permitir o trabalho e a diversão com facilidade. Mais locais do tipo restaurante estão vendo isso como um valor agregado não muito diferente do setor hoteleiro.

O que acontece com qualquer nova tecnologia, independentemente da indústria, é que ela evolui muito rapidamente. Às vezes, a próxima maior tendência já é substituída, ainda não sabemos. Isso não é uma coisa ruim. Isso significa que existem pessoas por aí que entendem seu setor e suas necessidades, do ponto de vista comercial e do cliente.

Então, tudo o que podemos fazer é abraçar o que está em oferta no momento, com um olho olhando para o futuro. Boa sorte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *